Passando o Cajado

PASSANDO O CAJADO

Já escrevi sobre líderes que passam do ponto. Agora é sobre líderes que param no ponto. E aqui novamente evoco a figura do Atleta do Século passado, Pelé, que tornou-se referência para aqueles que almejam parar no ponto, no ponto alto, em cima. Refiro-me a como Pelé parou no auge, ainda em condições de brilhar com seu futebol e suas condições físicas.

Desta feita estamos diante de Zinedine Zidane. Ele debutou como treinador de futebol

após brilhante e genial atividade dentro dos gramados como atleta. Ganhou tudo como jogador. E, como técnico, ninguém havia logrado êxito tão célere quanto.  Foram três temporadas no Real Madrid, 149 partidas – 104 vitórias e 9 títulos. Zizu em 3 anos conquistou 3 Ligas dos Campeões da Europa, 2 mundiais, 2 supercopas europeias, 1 La Liga e 1 Supercopa da Espanha.

À bordo de uma Seleção de Seleções como a esquadra madrilena, e com aquele que na última década divide ou reveza com Lionel Messi a posição de melhor do mundo, Cristiano Ronaldo – o CR7, Zizu surpreendeu a todos com seu desligamento do Clube.

Toda e qualquer transição não é fácil, não é simples. Mas esta é a almejada. Parar por cima, campeão, bem-sucedido. O que vemos é que na maioria das vezes os que “passam do ponto” o fazem em declínio, sob questionamento, afinal, não estamos bem e por cima sempre.

É o que vemos em muitos gestores e líderes. É preciso muita sensibilidade e reflexão para transitar na hora. Isso não acontecerá sempre com Zizu, mas, quando acontece, à semelhança de Pep Guardiola quando ganhou tudo num período, ganhou tudo novamente e novamente, inaugurando uma era dourada no FC Barcelona, Guardiola deixou o Barça para um perído sabático. Agora é Zizu que para por cima.

E é sintomático que, muitos líderes – pastores sobretudo – veem em bons e frutíferos  momentos justamente o indicador que devam continuar. E isso não é nenhum absurdo, afinal, nada mais sinalizador para continuar à frente de um grupo ou rebanho múltiplos aspectos de crescimento e satisfação. Aí que também que reside o perigo. Muitos, insensíveis, acríticos, ignoram outros sintomas da hora de transitar. Alguns conseguem até começar a demolir o legado construído.

Claro, não vamos comparar lideranças em diversos níveis e grupos, com a que aqui estão colocadas. Mas, parar no ponto é uma condição ideal, desejável, um sonho. A complexidade da transição envolve também a preparação para sair. Muitas sucessões são mal sucedidas com o líder seguinte desfazendo muitos ganhos conseguidos a duras penas pelo líder anterior.

A transição Moisés – Josué (Dt 31)… A despedida de Paulo com os anciãos de Éfeso (At 20.13ss)… nos oferece preciosas lições sobre este momento tenso de nossas vidas como líderes.

Esse, dentre outros temas da liderança pastoral, é dos objetivos de Dilemas de Um Pastor – Mudança de Ministério ou Mudança no Ministério, do Mestre Olney Silveira Lopes, do Ministério Apascentar. Somente a preposição “de” e a junção da preposição “em” + artigo “a”, “na”, já dá muita crise em nós…

Bem, não é simples e não é fácil. Mas, do mesmo jeito que líderes e pastores passam do ponto, ficamos felizes quando passam o cajado num momento cheio, próspero e frutífero, sob homenagens de suas comunidades. A hora de transitar – mudar, parar, preparar sucessão – eis temas dos mais difíceis! By Geraldinho Farias

http://lideralpinista.blogspot.com/2018/06/passando-o-cajado-no-ponto.

Igreja Batista Cachoeiro

Igreja Batista Cachoeiro de Cardoso Moreira. Um Lugar para Você e sua Família Uma Historia de fé. Organizada em 14 de julho de 1946, são 72 anos servido ao SENHOR. Pela graça de DEUS a igreja organizou duas novas igrejas (filhas) 1. Segunda Igreja batista de São João do Paraíso, RJ Organizada em 06/07/1986 2. Igreja Batista Monte das Oliveiras, Cardoso Moreira, RJ Organizada em 28/10/2006. Pastores que foram instrumento de DEUS em nossa História: 1º PR SALVADOR BORGES - 14/07/1946 2º PR HENRIQUE DE QUEIRÓS VIEIRA - 14/07/1946 a 23/09/1979 3º PR ABEL RIBEIRO DE SOUZA - 23/09/1970 a 18/09/1974 4º PR ONORIO ANTONIO DA SILVA - 18/09/1974 a 1979 5º PR JACY DE PAULA DE ALMEIDA RANGEL (INTERINO) 01/01/1980 a 14/12/1980 6º PR EVARISTO LACERDA - 14/12/1980 a 1982 7º PR JOSUÉ GARCIA CERQUEIRA 29/05/1983 (interino) 31/03/1984 empossado titular até 03/09/1992 8º PR JEIVES PONTES SOARES - 31/12/1993 a 25/05/2003 9º PR WILSON DE MACEDO ALVES (INTERINO) 31/12/2003 a 29/01/2005 10º PR CIRO SANTOS SILVA 29/01/2005 a 23/12/2010 11º PR RONEN RODRIGUES DO AMARAL (INTERINO) - 08/04/2011 a 01/12/2011 12º PR JERRY ADRIANI SOARES GANDRA 01/12/2011 13º PR FELIPE MIRANDA MOTA (MIN. AUXILIAR) 14º PR DOUGLAS SANTOS TOMÉ (auxiliar) 15º PR MARCOS HENRIQUE VICTORINO GANDRA (PR de Educação Religiosa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.